• | 10 little things |

    fashion rules

    Amanhã tem post com a retrospectiva dos últimos dias e com algumas dicas para os que querem aproveitar mais a primavera – e para quem mora no hemisfério norte e quer tirar o melhor do outono! Saudades das terras germânicas e do frio e dos problemas do Brasil.

    1. Ando viciada no Netflix pós hola.org

    2.Gosto de estar na praia e não necessariamente entrar na água.

    3.Livro que estou devorando e preciso recomendar, o meu eu baixei no iBooks: Nobody Is Ever Missing, a novel by Catherine Lacey

    4.Depois da intimação de uma amiga para escrever uma lista com os livros que mais marcaram a minha vida, apesar de não ter completado a lição, acabei baixando um livro que li em 1999-2000, Máquina de Pinball, da escritora/blogueira/sei-la-oque-faz atualmente – ou ao menos não conheco as denominações e títulos adquiridos de Clarah Averbuck e confesso ter amado, sem contar é clara a influência psicológica do livro em minha vida. Tenho em PDF se alguém quiser, é só clicar no link ao lado, vale a pena! maq_pinball

    clarah-averbuck-maquina-de-pinball-16834-MLB20128342290_072014-F

    5.Os próximos dias terão hiatus, precis terminar meu TCC e organizar algumas coisas, mas isso não significa que estarei sumida.

    6. Baixem o hola.org, ou pelo menos entrem no site. A vida muda.

    7. Receita do momento: suco de limão com gengibre diariamente para deixar a vida mais feliz. Estão querendo cortar o leite de minha vida e ainda não achei um substituto a altura.

    8. Quer um blog de DIY maravilhoso – sem pagação de pau? A Luiza Ferro é consultora de estilo talentosíssima de Brasília, e além de deixar a vida de suas clientes mais bonitas e práticas, nos dá várias dicas no Sem Moldura – acho que já falei sobre ele aqui no blog, não costumo repetir temas. No site tem os números para contato caso você more em Brasília e deseje dar uma mudada na vida e na auto-estima!sem moldura DIY

    Se o blog não não satisfazer sua criatividade, dê uma olhadinha no Pinterest da Luiza, sua vida ficará mais bonita:luiza ferro semmodulra

     

    9.Não deixem de assitir ao documentário do Bill Cunningham New York (2010), além de super informativo para quem gosta de moda, é lindo e você vai se apaixonar pelo fofo do Sr.Cunningham. Acho que ele é meio como a Grace, mesmo nível e mesmo talento em áreas diferentes.bill cunningham

    10. Quem não assistiu ao Mademoiselle C. da Carine Roifeld tá demorando. Vamos diversificar e deixar a Sra. Wintour em paz por algumas horas?!

    Gute Nacht!

  • |Makeup & Hair| Artist Du Jour

    marie-thomsen-artistMarie Thomsen é “uma dessas” maquiadoras que transforma o comum em fantástico, criando looks que ajudam a ilustrar editoriais, campanhas e desfiles pelo mundo. Enquanto as meninas brincavam com suas Barbies criando histórias de criança, Marie fazia o styling das suas, sim cabelo & maquiagem nas Barbies! Aos 10 anos já cortava cabelo de verdade a custa de amigos e parentes serviram de cobaia.

    marie thomsen

    Em primeiro lugar, Marie é mãe de uma menina de 4 anos. MAs essa dinamarquesa super talentosa não para por aí! Faz um incrível trabalho como maquiadora (representada pela Agentur CPH), é a maquiadora oficial da Maybelline dinamarquesa, além de ter se rendido a tecnologia e  ser a responsávek por um dos melhores blogs de beleza da web, o Marie & The Makeup.  É pouco?!?!

    marie-thomsen-afterlight

    Os clientes de Marie incluem publicações e marcas super influentes no mundo da moda,  como a revista Elle, as revistas dinamarquesas Eurowoman,Costume, Cover e Euroman, Mads Nørgaard, ONLY, Inwear, Vero Moda, Ganni, Skagen Watches, Pandora, Maria Black jewellery, Nue’, Magasin du Nord e muitos outros nomes de peso.

    marie-thomsen-work
    Não vive sem: Shampoo Seco, Hidratante e blush.

    Everyday make-up: apesar de trabalhar diariamente como maquiadora, mantém o seu look simples. Quando está bronzeada não usa nada, apenas hidratante, protetor solar e um creme iluminador, melhorando as características do seu rosto.

    Marcas que indica:  Maybelline, L’oreal, Mac e Tromborg.

    marie thomsen instagram

     

    Quer saber mais? Visite o blog Marie & The Makeup e o instagram da maquiadora @mariethomsenbaby

    Paula Martin

    img sources: luellemagagenturcph.dkmarieandthemakeup

  • |Editorial| Falling in love

    Elle Denmark Editorial

    Já leram a Elle dinamarquesa – ou melhor, já viram a Elle dinamarquesa? Apesar de depender do tradutor, já que não entendo sequer uma palavra em dinamarquês, adoro o layout clean e a qualidade dos editoriais, realmente uma ótima dica para os responsáveis pelas nossas revistas super poluídas. As modelos Maria Palm e Hannah Ströbek viajaram com a fotógrafa Olivia Frølich para o Marrocos, onde as fotos do editorial “Falling in Love” foram feitas. O styling ficou por conta de Mie Juel e Johanne Brostrøm e o hair & makeup ficaram por conta da super talentosa Marie Thomsen, que interpretou com perfeição as estética dos anos 70.
    Elle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark EditorialElle Denmark Editorial Elle Denmark Editorial

    Elle Denmark Editorial

    Espero que tenham gostado!!!

    Paula Martin

    img src_ elle denmark iPad edition, marieandthemakeup

  • |Fashion Movies|Mademoiselle C

    mademoiselle c roitfeld

    Ex-consultora da Gucci e stylist freelance, Carine Roitfeld assumiu o cargo de editora chefe da Vogue Paris em 2001, onde ficou até março de 2011. Carine Roitfeld fez um makeover  na revista, restaurou sua identidade francesa, mudou o design e a narrativa da revista, trabalhou com as it cool girls do momento, entre elas Kate Moss, Sofia Coppola e Charlotte Gainsbourg, mudou a cara da publicação mesmo, deixando um pouco mais do seu jeito, e cada vez mais diferente da versão americana liderada por Wintour. Sob sua direção  a Vogue Paris atingiu níveis recordes de circulação e publicidade, sem contar com os inúmeros editoriais que marcaram o mundo da moda.

    A revista conseguiu assemelhar-se a sua editora chefe: “svelte, tough, luxurious, and wholeheartedly in love with dangling-cigarette, bare-chested fashion.” (nymag)

    Seguindo um pouco a receita do “September Issue”, o documentário “Mademoiselle C”, mostra os bastidores do lançamento da primeira edição do “CR Fashion Book”, revista de moda semestral criada por Carine após ter deixado o cargo de editora chefe da Vogue Paris. Karl Lagerfeld, Michael Kors, Riccardo Tisci, Alber Elbaz, Giorgio Armani, Tom Ford, Jean-Paul Gaultier, Alexander Wang, Donatella Versace, Kanye West, P. Diddy, Alicia Keys, Cate Blanchett, Mario Sorrenti, Natalia Vodianova, Mario Testino e Nick Knight são parte do filme, que já está disponível no Netflix americano e já pode ser visto na televisão brasileira. O trailer só vai dar água na boca….

    Já assistiram? Espero que tenham gostado, e caso não tenham assistido, não dá pra perder!!!

    Paula Martin

    sources: models.com

  • i’ll be seeing you

    Processed with VSCOcam with a1 preset

    Culpem a minha universidade pelo mais novo hiatus – se bem que já devem ter se acostumado com os sumiços das Liveonbeauty Staffers…. well, what can I say?! Tem post a caminho, e estamos trabalhando para não deixar o blog parado. O post de ontem fica pra hoje, e assim vamos levando até o final do semestre!!! Fotos não muito boas, tiradas com o iPhone de noite – ou seja, já peço desculpas pela qualidade antes mesmo dos comentários.

    1

    Paula Martin

  • | Netflix| Entretenimento para dias chuvosos & frios

    Ando reclamando do atraso do Netflix brasileiro a séries e filmes… são temporadas que faltam, filmes clássicos que não estão disponíveis. Deficiências a parte, confesso meu vício e divido com vocês alguns programas para enfrentar dias chuvosos e cinzentos.  minha frustração quanto ao atraso foi amenizada pelo post do Petiscos no dia 12 de junho “Moda no Netflix”. O  Petiscos já havia feito um post com dicas para “esconder” o nosso país para acessar sites não disponíveis no Brasil. O Unblock-Us é um ” serviço de VPN que altera não apenas a localização do IP do seu computador como te deixa escolher entre 13 regiões do Netflix.” (Breno Pires). Sem mais discussões tecnológicas, aqui vão 4 séries disponíveis no Netflix Brasil para acabar com o tédio em dias ou noites chuvosas.

     White Collar

    whitecollarjpg

    Minha descoberta do ano. Já tinha assistido alguns episódios, mas não tinha ‘colado’. Finalmente depois de algumas tentativas entendi a mágica e fiquei viciada na série que conta  a história de Neal Caffrey, Mozzie e Agente Burke – dois ladrões cooperando com o FBI – basicamente uma versão moderna de Sherlock Holmes. Eu adoro, apesar ficar um pouco irreal em alguns episódios a série me prende durante os 42 minutos de duração. O Netflix brasileiro só tem as três primeiras temporadas, mas na internet você encontra a quarta e a quinta temporada, só clicar aqui para conferir um dos sites que disponibilizam a série.

    Suits

    suits

    Eu ando assistindo séries de advogados e agentes do FBI, e Suits chegou na hora certa. Resumindo, a  série conta a história de Mike, um que não estudou em Harvard e não se formou em Direito, mas tem uma habilidade incrível: memória fotográfica. Mike acaba sendo contratado por Harvey, um dos melhores advogados de Nova Iorque, para ser seu assistente. As duas primeiras temporadas estão disponíveis no Netflix brasileiro. Segundo a Veja, 16 episódios foram encomendados para a 5 Temporada, com previsão de estreia para a a Summer Season 2015. A série é uma ótima opção para quem gosta de crimes e séries de investigação. Clique aqui para assistir a 3. e a 4. temporada.

    Orange is the New Black – Temporada 2

    vibe-new-orange-is-the-new-black-season-2-shots

    Não sei se eu realmente gosto de “Orange is the New Black” – apesar de ter assistido aos primeiros episódios, confesso não ter me apegado às personagens, e de uma certa maneira não consegui sentir nada pela série. Virou um “Game of Thrones” na minha vida, todo mundo adora e eu não consigo gostar… ou assistir… bom, é a vida. Ainda não assisti aos novos episódios – mas serão assistidos em breve. De qualquer jeito, a 2 Temporada já está disponível no Netflix e está fazendo sucesso entre as meninas!

    House of Cards

    houseofcards

    Eu sei que cada um tem uma opinião sobre séries e filmes, e o que agrada uns pode não agradar outros… por isso não espero agradar a todos com meu gosto estranho….House of Cards é  drama político criado por Beau Willimon para o site Netflix. O personagem principal Frank Underwood (Kevin Spacey) um impiedoso e ambicioso político que almeja um alto cargo público em Washington. House of Cards é uma adaptação do romance homônimo escrito por Michael Dobbs e da minissérie britânica criada por Andrew Davies. Confesso ter precisado de alguns episódios para começar a gostar da série, mas já estou terminando os episódios disponíveis em nosso Netflix. Indico para que aprecia séries sobre política:Frank Underwood dá aulas de negociação, diplomacia e claro, abre o mundo do lobby para os telespectadores.

    Paula Martin

    sources_ wp, netflix, petiscos, pinterest

  • Modern Geishas

    kimono

    Desde sempre parte do cenário underground, o quimono caiu nas graças das fashionistas há algumas temporadas e não deve sumir por agora, muito pelo contrário, virou peça chave do guarda-roupa das fashionistas mundo afora.

    kimono trend

    Perfeito para as noites mais frescas do verão, e claro para a Primavera e os dias mais quentes de outono, a peça dá um upgrade automático em qualquer modelito boiante.

    kimono trend

    Noite – São muitas as opções de quimonos que podem ser usados a noite. Para não dar um ar largado demais, o ideal é ter um quimono que dê conta do recado sozinho, ou seja, esqueça o poliéster e junte dinheiro para investir em tecidos nobres, com bordados ou paetê, e claro, se quiser arrasar mesmo, um saltinho vai bem. Como o quimono é a estrela do seu look do dia, dê preferência para uma parte de baixo mais sóbria – seja calça, vestido ou saia – para deixar o quimono brilhar. Para um look deluxe: lembre da boa e velha calça de couro, que dá um toque mais sofisticado ao look.

    kimono short tendência trend

    Short + camiseta +quimono é o combo mais estiloso para o verão. Não tem regra para usar e a dica é equilibrar as cores da jaqueta com os acessórios ou short. Time campeão são as combinações com short preto e jeans, mas dá para deixar a imaginação correr solta, tomando cuidado para não tirar o brilho do quimono com muita informação.

    kimono-trend-verao

    Não tem erro.

    kimono trend tendência quimono

    The Gypset - quimonos funcionam em quem não tem vergonha de usa-los, já que dá uma extra bossa para qualquer modelo, desde aquela calça social preta até o seu LBD. Fica lindo, dá um toque misterioso e boho, as Gypsetters adoram! Se for usar o quimono por cima de vestidos, lembre que o quimono deve ser mais longo que o vestido, a não ser que a festa peça um longo, aí não tem muito o que discutir, aposte em uma peça maravilhosa e divirta-se.

    Liso- Problemas com peças estampadas?!  Se o seu estilo é minimalista e estampas não fazem a sua cabeça, invista em uma peça lisa, tomando ainda mais cuidado com o tecido, ou o resultado será um desastre. Pense no quimono como um cardigã com a habilidade extra de deixar o look chique e mais descolado do que os casaquinhos que habitam seu armário. Coloque um colar, e não tenha medo de ser feliz.

    kimono trend quimonoAo contrario dos quimonos estampados, os quimonos lisos podem ser usados no trabalho, cuidado apenas na hora de escolher os acessórios para não ficar muito casual.

    kimono trend verão estilo

    Estampado – eficazes na hora de combater a mesmice dos looks do dia a dia, os quimonos estampados são perfeitos para usar com jeans e camiseta básica. Par ideal das combinações básicas independente da estação do ano, dão um ar boho chique para as suas combinações. Abuse dos quimonos com jeans tomando cuidado para não parecer ter saído direto do Woodstock – opte por acessórios modernos, seja um óculos, uma bolsa, pulseiras – a ideia não é se fantasiar e sim dar um toque mais estiloso ao seu armário.

    maja wyh kimono

    Maja Wyh – A blogueira alemã resume a mágica do quimono em poucos outfits. Mostrando que dá para usar o quimono com peças diversas, sem ficar entediante. Não tenha medo de ousar, algumas combinações ficam fantásticas e ninguém sabe disso por não ter experimentado.

    richie kimono

    Nicole Richie – os kimonos são musthave do armário da fashionista há anos, e é uma das culpadas da volta da tradicional peça japonesa. As combinações mais legais são as que misturam estilos, e Nicole sabe como ninguém como combinar o novo com o velho e o clássico com o casual arrasando em combinações high low: quimono, jeans e um saltão – tem como não ficar bem?!?!

     A verdade é que não existem regras fixas quando o assunto é moda. É bom ter em mente a peça que deve estar em destaque e combina-la com acessórios e outras peças que não tirem seu brilho. Explore o seu guarda-roupa e ouse fazer combinações diferentes das costumeiras, o resultado é surpreendente.

    Paula Martin

    images src_ random  search on pinterest, google, tumblr

  • |Trend Report| Birkenstock-mania

    birkenstocksA Birkenstock-mania acaba de aterrissar em terras tupiniquins! Com as temperaturas mais quentes e o verão nos esperando, é hora de começar a guardar casacos e peças mais pesadas para começarmos a usar as peças mais tropicais que farão parte do nosso armario de verão. Apesar de não fazer muito sucesso com as mulheres brasileiras a clássica sandália alemã está tendo o revival de sua vida. Eu já tenho a minha há anos e quero mais! E você?

    retorno-birkenstock

    E de quem é a culpa do revival? Podem culpar a estilista da Céline, que deu um mega empurrão para a tendência com a versão de pele da temporada Primavera-Verão 2013 da marca francesa. Ashley Olsen e outras musas do street style também foram flagradas com as clássicas Birkenstock e com outros modelos de sandálias, tudo clássico e a la Birkenstock. Apesar de dar um ar super despojado para os looks, as sandálias são pares perfeitos para looks confortáveis e são extremamente fáceis de combinar.  slipper birkenstock tendência verão

    Mais uma tendência dos anos 90 de volta com força total! Um ano após a furkenstock” da Céline ter bombado, as marcas parecem ter gostado e as sandálias Birkenstock inpired  foram redesenhadas por marcas de fast fashion como Zara, H&M e COS e por marcas de luxo como a Marni, Givenchy, Giambattista Valli, Rebecca Minkoff, Edun, Prada… foram tantas as Birkenstock-inspired! Perfeito para as adeptas como eu!

    styling-tips-sandalsEu sou a favor do estilo pessoal, de misturar peças garimpadas em brechós e herdadas das amigas com os mimos que encontramos nas lojas mundo afora. Nada mais interessante que uma composição high low. Dá para fazer milagres! Adoro produções com personalidade. Quer fugir do óbvio? Faça como a moça da foto abaixo: uma produção despojada, mas com acessórios de peso: a furkenstock” Céline e a Bolsa “Neverfull” da Louis Vuitton. Nota 10.

    Screen Shot 2014-02-17 at 5.20.38 PM

    Uma ótima maneira de tirar o ar arrumadinho e sem graça de algumas peças que temos é apostar na Birkenstock. O vestido camisa é um exemplo de peça que fica ótima em diversas ocasiões apesar de ter um certo ar de seriedade. Pode ser usado com uma sandália de salto para uma festa, com uma sapatilha para trabalhar e com as Birkenstocks para um look extremamente moderno e confortável. Além de lindo é prático e você pode sair direto da praia para o happy hour. Eu adoro.
    birkenstock-estilo-vestidoVestidos – O ar mais cool nessa composição ficou por conta do vestido mais esportivo – eu adoro essa combinação, e uso sempre! Indico começar com uma clássica Birkenstock – ou a inspired de sua escolha – e apostar em vestidos mais curtos, ou minis, fica lindo e confortável! Abuse dos acessórios para garantir o estilo, e não ligue para as caras feias das mulheres te olhando – a Birkenstock é tabu no mundo inteiro e considerada uma “sandália feia de casa” por muitas pessoas. Não ligue para os outros e arrase na sua combinação! guia birkenstock

    Calça Skinny – Não tem regra, fica lindo e é ótimo para dias em que caminhar é preciso. Não tenha medo de apostar em camadas de roupas na parte de cima para poder aproveitar mais as peças do seu armário. Aproveite os dias mais frescos da primavera e do outono para apostar em sobreposições.

    birkenstocks12

    A versão deluxe da nossa skinny de todos os dias, a calça de couro (fake or not) dá um toque mais sofisticado para a sua combinação, e deixa sua Birkenstock pronta para um drink depois do trabalho.

    birkentock tendencia saia como usar

    Saia- ainda sem saber como usar sua Birkenstock com saia? Não tem erro, é só ficar de olho no comprimento da saia  – teoricamente as petites devem apostar nas saias mais curtas, sem exageros – e deixar a imaginação correr solta. Fica linda a combinação e de quebra ainda tira a cara de boa moça.

    birkenstock-short-tendencia-verao

    Short - não tem segredo, e a idéia é deixar que as receitas de como se vestir virem passado. Nada pior do que as seções de revista dizendo o que esta “In” e o que está “Out”. É tudo uma questão de estilo e de saber combinar as peças entre si. Se vista de acordo com o seu gosto e estilo, apostando em peças confortáveis e que fiquem bem em você.

    birkenstocks acessórios como usar verao

    Acessórios – independente da companhia escolhida para acompanhar sua Birkenstock, se estiver escolhendo peças básicas, opte por acessórios que façam a diferença e que reforcem a sua personalidade – quando a combinação envolve peças lisas e mais básicas, os acessórios fazem toda a diferença, dando o toque final ao seu look. Mary-Kate Olsen deu personalidade ao seu look usando uma Birkenstock. Sabe o que é preciso? Coragem para ousar.

    olsen birkenstock trend

    A moça da foto abaixo deu um toque high para sua combinação apostando em uma bolsa Céline. É por aí… ser básica significa em acessórios que façam a diferença e não te deixem com a cara de todos os dias. Viver em jeans tem suas vantagens, e uma delas é poder abusar de colares, pulseiras. Isso significa que é hora de apostar em acessórios que façam a diferença e sair um pouco de muitas marcas que insistem em comprar peças de fornecedores (generalizando para poder escrever, a parte ruim de comprar acessórios muito baratos importados da China… ) que não prezam pela qualidade do banho, e todas as peças de bijuterias são folheadas,’ recebendo um  recobrimento eletrolítico mais conhecido como banho ou folheação, é o que garante a duração da nossa peça.’
    styling tips birkenstock como usar

    A Elle australiana de setembro trouxe alguns modelos de sandálias inspiradas na Birkenstock para nos inspirar e para comprarmos. Muitas lojas entregam no Brasil. Algumas marcas brasileiras já estão lançando seus modelos, mas os preços ainda estão absurdos.

    verao-tendencias-birkenstock

    Gostaram? Acham feio? Odiaram??? Adoramos sugestões e críticas!

    Paula Martin

    sources_  iPad Edition Elle Australia, honestlywtf, various pinterest & tumblr

  • |Fashion Smart| 20 livros que queremos agora!

    livros-de-moda-fashion-booksQuem não gosta de um bom livro? A Elle americana separou 20 títulos de livros que envolvem estilo, ícones da moda, artistas & fotografia. A lista já garantiu alguns pedidos para o Papai Noel e com certeza deixarão sua biblioteca fashion mais completa. Vamos aos títulos?!

    1. The Biba Years: 1963-1975 (Abrams) 

    Um tributo para a “loja mais bonita do mundo,” a Biba. Para quem nunca ouviu falar, a Biba é umaa das mais famosas boutiques de moda feminina dos anos 60 e 70, e foi fundada em Londres, em 1964, por Barbara Hulanicki, na Abingdon Road,1. Acabou ganhando fama mundial por criar e vender roupas próprias de qualidade prêt-à-porter de alta costura por preços acessíveis às jovens de classe média britânica, e funcionou como centro irradiador de moda popularizando a minissaia – criada por Mary Quant, mas colocada nas ruas pelas meninas inglesas através da Biba – e linhas de roupas e batas coloridas e de grafismos psicodélicos e inovadores, bem ao gosto da juventude da Swinging London dos anos 60. Disponível no iTunes, para quem tem iBook.

    2. Vivienne Westwood (Picador)

    A obra é dividida entre recordações pessoais de Vivienne e biografia autorizada. . Amigos da designer como Naomi Campbell, Pamela Anderson, Jerry Hall e até o príncipe Charles também escreveram textos para a publicação, que promete virar item obrigatório na biblioteca dos fashionistas. A obra será dividida entre recordações pessoais de Vivienne e biografia autorizada.

    3. Fashion Photography Next (Thames & Hudson)

    O livro de Magdalene Keaney  se propõe a descobrir o novo grande talento da fotografia de moda. Ex-curadora da National Portrait Gallery, em Londres, e colaboradora de importantes exposições ao redor do mundo, Magdalene reúne 35 novos nomes na publicação, analisando o trabalho de cada um. O alemão Axel Hoedt e a londrina Tyrone Lebon já são alguns dos seus preferidos do momento.

    4. Marianne Faithful: A Life on Record (Rizzoli)

     A editora italiana Rizzoli lançará em outubro o livro Marianne Faithfull: A Life On Record, que reúne fotos de sua carreira, comentadas por ela própria. Para escrever o livro Marianne contou com a ajuda luxuosa de Salman Rushdie.

    5. The Fat Radish Kitchen Diaries (Rizzoli)fashion books livros de moda

    O badalado restaurante Fat Radish, de Nova York, lança seu primeiro livro de receitas – ou melhor, um diário de receitas – dos desejadíssimos pratos servidos no restaurante. Promete agradar gregos e troianos com os best-sellers do cardápio quase vegetariano do restaurante e outras receitas criadas exclusivamente para o livro, como o ceviche de pêssego e a “spring-pea pot pie”, uma torta de ervilha americana. Quer reservar o seu exemplar? É só clicar aqui..

    6.  Stephen sprouse: Xerox/rock/art (Damiani)

    O novo livro de um dos artistas mais queridos do mundo da moda, o estilista e ilustrador americano Stephen Sprouse,  Xerox/rock/art promete ser um best seller, pelo menos entre os interessados por moda mundo afora. Sprouse  representa bem o  mix dos anos 80 “sofisticação-uptown-em-roupas-com-um-punk-baixa-e-sensibilidade-pop”, típico dos descolados nova-iorquinos da época. Xerox/rock/art é uma compilação de esboços, croquis, ilustrações e outras obras, criadas com marcadores de tinta, maquinas de xerox e outras técnicas manuais, revelando a forte influência da música – rock’n’roll e punk – na sensibilidade estética do artista. Um retrato vibrante de um membro extremamente prolífico da “Fábrica” de Andy Warhol. Clique aqui para garantir o seu.

    7. Fischerspooner: New Truth (Damiani)

    Fundada por artistas Warren Fischer e Casey Spooner em 1998, a Fischerspooner começou como uma provocação filosófica que procurou explorar o potencial expressivo localizado no espaço entre entretenimento popular e arte. A Fischerspooner propõe, em última análise, que artifícios e superfície podem ser recombinados para criar um novo conceito de autenticidade – uma “nova verdade”. Esta monografia caleidoscópica fornece uma visão sem precedentes sobre os primeiros cinco anos do projeto Fischerspooner. A partir de uma performance de estreia em um New York City Starbucks, para uma blitz do mundo da arte internacional, a visibilidade para mais mainstream através de um importante contrato de gravação rótulo,o livro New Truth narra a busca de Fischerspooner para derrubar os limites da arte, música e performance. Investido em espaços liminares e in-between, a Fischerspooner também captura um momento milenar única que parecia profetizar um futuro onde o avant-garde pode ser traduzido em um vernáculo de pura alegria. Garanta o seu exemplar aqui.

    8. Louis Vuitton Fashion Photography (Rizzoli)

    O livro reúne cerca de 200 imagens clicadas por nomes de peso da fotografia de moda, como Mert Alas & Marcus Piggott, Henry Clarke, Patrick Demarchelier, Annie Leibovitz, Peter Lindbergh, Craig McDean, Steven Meisel, Helmut Newton, Juergen Teller, Mario Testino e Inez van Lamsweerde & Vinoodh Matadin, entre outros. Divido em três seções principais: artigos de moda desde 1977, campanhas publicitárias e um flashback a partir dos anos 1950. Cada uma das partes conta ainda com uma introdução assinada pela expert em fotografia e curadora Charlotte Cotton. Feito em edição limitada, “Louis Vuitton Fashion Photography” apresenta uma capa branca com uma das três fotografias selecionadas, clicadas por Demarchelier, McDean ou Bert Stern. Disponível para venda  partir do dia 1º de outubro em lojas selecionadas da Louis Vuitton pelo mundo e no site da marca, em versões em inglês e em francês.

    9.  Elsa Schiaparelli: A Biography (Knopf)

    Elsa Schiaparelli, italiana de alma francesa não criava apenas vestidos, chapéus e acessórios, mas verdadeiras obras de luxo e excentricidade. Suas roupas eram feitas para impressionar, para destacar a mulher que as usava. foi influenciada pelo surrealismo e colaborou com artistas notáveis nas suas criações. A maioria dos seus modelos de moda com formas vanguardistas foi criada em colaboração com artistas surrealistas, como Man Ray, Salvador Dali e Jean Cocteau. O “Telefone Lagosta” de Salvador Dali, 1936, foi reproduzido no vestido “Lobster Dress” de Schiaparelli em 1937. O badaladíssimo biógrafo Meryle Secrest conta os detalhes colaborações surreais da Couturier com artistas como Salvador Dalí e Alberto Giacometti, e criador do  apelido “Rainha da Moda”, que acompanhou a italiana. Imperdível. Disponível em ebook e livro impresso.

    10. Heidi Slimane: Sonic (Éditions Xavier Barral)

    O livro Sonic traz mais de 200 fotografias – incluindo retratos de Lou Reed e Amy Winehouse, que estão entre os tesouros descobertos nos arquivos do multitalentoso diretor criativo Saint Laurent, Heidi Slimane.O livro nos convida olhar através de cinco anos de arquivos musicais,  de 2009 até hoje, uma viagem ás ‘cenas musicais’ de Londres a Nova York, mas com um foco especial na Califórnia. O livro traz séries emblemáticas de Slimane. Retratos de estúdio de Lou Reed, Keith Richards, Christopher Owens, Linda Perhacs e Chuck Berry  ao lado de fotografias de artistas tomadas ao ar livre ou durante os shows. Um must have, disponível aqui.

    11. Marella Agnelli: The Last Swan (Rizzoli)

    Com lançamento previsto para o próximo mês de outubro, a autobiografia ilustrada da princesa italiana Marella Agnelli promete ser a sensação da temporada. Apelidada de “O Cisne” pelo fotógrafo Richard Avedon, Donna Marella Caracciolo di Castagneto nasceu em uma família nobre de Florença, em 1927, e transformou-se em uma das grandes belezas do século passado. Culta e elegante, a princesa sempre circulou nas mais exclusivas rodas da sociedade internacional e foi uma das mulheres mais fotografadas de sua época. Seu apurado senso estético e suas ideias inovadoras lhe garantiram livre acesso ao mundo da arte, da moda e do design. Em 1963, foi eleita uma das mulheres mais bem vestidas do mundo e entrou para a lista The Best Dressed International Hall of Fame. Casou-se com o industrial italiano Gianni Agnelli, principal acionista da Fiat, de quem é viúva e com quem teve um filho – falecido em 2000 sob a suspeita de ter cometido suicídio. (.)

    12. Gypset Living (Assouline)

    Em seu terceiro livro para Assouline, Julia Chaplin explora os espaços de vida de jet setters ciganos de todo o mundo, a partir de Hydra na Grécia para o Guéthary na França; de Cuixamala, no México, para Pa’ia, Hawaii; e para além de as ilhas indonésias. O livro conta com fotos deslumbrantes e narração em primeira pessoa, abrindo as portas de  casas fascinantes e deslumbrantes  dos boêmios artistas, designers e bons vivants conhecidos como gypsy jet setters. Vale a pena conferir!

    13. Loulou de La Falaise (Rizzoli)

    Loulou de la Falaise ícone francesa e eterna musa de Yves Saint Laurent. Com seu estilo espontâneo e espírito incansável, Loulou representava tudo o que era brilhante na moda. Dos  artistas boêmios, designers e bons vivants conhecidos como o gypset. Seu novo livro mostra suas multifacetas através de entrevistas com amigos íntimos, incluindo Christian Louboutin e Paloma Picasso.

    14. Hair: Guido (Rizzoli)

    Considerado um dos hairstylists mais conceituais do mundo da moda devido a seu estilo radicalmente expressivo, o trabalhho de Guido Palau que pode ser visto tanto nas capas e nos editoriais de revistas internacionais, assim como em campanhas de luxo e desfiles.Guido Palau também criou mais de 90 máscaras e adornos de cabeça feitos de pele, joias, feltro e renda para a exposição de 2011 “Alexander McQueen: Savage Beauty”no Met’s Costume Institute, em Nova Iorque. Seu livro Hair traz uma respectiva de sua variada carreira. Direto para minha wishlist!

    15. Rowing Blazers (Vendome Press)

    O significado e a rica tradição por trás dos Blazers é investigada, dando significado semiótico para o Blazer, sinônimo de elegância e preppiness em sua forma mais pura. Para os amantes de moda e dos blazers um livro que promete ser bem interessante.

    16. The Glass of Fashion (Rizzoli)

    Cecil Beaton foi um fotógrafo e artista multitalentoso que atuou em diversos segmentos, entre eles design, cenografia e ilustração. Ainda assim, foi seu trabalho no campo da fotografia que o tornou mundialmente conhecido. Especializou-se em três grandes áreas: fotografia de moda, fotojornalismo e retrato, destacando-se na última por suas imagens de celebridades. A história pessoal de Cecil Beaton é reeditada com mais de 150 de suas “obras”. Promete.

    17. Glen Luchford: Pictorialism (Rizzoli)

    fashion books livros de moda

    Além de Diretor de cinema,o britânico Glen Luchford faz parte do exclusivo grupo dos melhores fotógrafos de moda da atualidade. Seu novo livro Pictorialism, é uma crônica visual arrebatadora da carreira de Luchford, um verdadeiro fotógrafo de moda. Seu estilo influente e imaginativo, com fotos iluminadas e com resultados altamente cinematográficos, sua fotografia de moda trouxe narrativas arrebatadoras, que revigoraram os anos 1990 e 2000. Este livro é o diário de um fotográfo que documenta  carreira de trinta e três anos de Luchford. Apresentado sob a forma de uma montagem fotográfica com sobreposições contínuas,  o livro é uma coletânea de gravuras, Polaroids, objetos e coisas efêmeras, incluindo as primeiras fotografias da sua fase  pós-punk na Inglaterra, seus, novos amigos dos anos 80 e o melhor do seu trabalho dos anos 90, cheio de corajosos editoriais e retratos de celebridade para as maiores publicações de moda do mundo: Vogue, Harpers Bazaar, e W; Luchford também foi o responsável por campanhas memoráveis ​​para Prada, Chloe, Alberta Ferretti, Sportmax, Costume National, YSL, NARS, DVF, Valentino, Levi’s, Mercedes Benz, VW, Hugo Boss, Joop, Jaguar, Barney’s and Calvin Klein.Reserve o seu exemplar aqui ou aqui.

    18. Haute Africa (Lannoo Publishers)

    fashion books livros de moda

    Esqueça miçangas e ráfia: Este livro apresenta um lado diferente de um continente onde a moda e o design, crucialmente gerarm riqueza. Essa criatividade florescente é expressa dentro de uma indústria da moda vibrante e em crescimento. Artistas, designers, estilistas, empresários e fotógrafos africanos têm cada vez mais visibilidade dentro da cena da moda com seu estilos inspirados na identidade Africana. Haute Africa é uma coleção de alguns dos projetos mais interessantes e inovadores inspirados pela terra e seu povo, a diversidade colorida de suas tradições culturais, suas belas paisagens e senso de identidade enraizada. Vale a pena conferir! Clique aqui e garanta o seu.

    19. Blow-up: Antonioni’s Classic Film and Photography (Hatje Cantz)

    fashion books livros de moda

    O livro Blow-up: Antonioni’s Classic Film and Photography analisa a Blow-Up do ponto de vista fotográfico, investigando detalhadamente  as posições fotográficas e histórico-artísticos apresentados no filme, assim como os gêneros que ela representa. Os recursos estilísticos discutidos variam de reportagem social, a fotografia de moda e arte Pop para a fotografia abstrata. Além de filmar alambiques, obras que podem ser vistas em Blow-Up e fotografias que iluminam o contexto cultural do filme, os famosos,  fotos ambivalentes e incriminadoras também estão incluídas no no livro, que demonstra que Blow-Up continua a ter a sua relevância para os dias atuais como um estudo de imagens e suas multidões de interpretações.

    20. Bernadette Corporation: 2000 Wasted Years (Artists Space)

    fashion books livros de modaBernadette Corporação: 2000 Wasted Years é a primeira monografia sobre a obra de Bernadette Corporation, coletivo com sede em Nova York fundado no início dos anos 90. O livro se estende desde a sua exposição retrospectiva homônima realizada no Artists Space, em 2012, e que formou mais um site para reformular as atividades e identidade da Corporação dos últimos 20 anos. Disponível para download com o iBooks no Mac ou dispositivo iOS, e em seu computador com iTunes. Os livros podem ser lidos com iBooks.

     Paula Martin

    sources_ Elle US (iPad edition), elle.com Harper’s Baazar, FFW, google, tumblr, pinterest

     

  • |Hair Buns| Renove seu repertório de penteados

    coques-hair-knots-updo liveonbeauty

    Não me canso dos coques desconstruídos. São super estilosos e super práticos, perfeitos para domingos ou qualquer outro dia. A verdade é que esses coques não dão o menor trabalho e são super úteis em dias nos quais o despertador não toca e quando você acorda, percebe que  o tempo restante para chegar no seu compromisso com um atraso decente só te possibilita o fazer o básico: escovar os dentes e vestir a velha calça jeans, a velha camiseta e o velho blazer. Ficar em casa não é mais uma opção devido as outras vezes em que o dilema do despertador aconteceu. Resumindo, os coques descontruídos são a solução para não chegar descabelada, e ainda dar uma sofisticada no cabelo solto de todo dia.

    coque-messybun

    Simples, chique, fácil de fazer, os coques desconstruídos tem custo quase zero.

    grampos-bobby-pins

    Além de grampos, se o coque precisar durar e você não quiser passar o dia fazendo penteados freestyle, tenha sempre spray fixador em casa, ou os seus coques e todos os outros penteados não  ficarão no lugar por mais de 10 minutos. Aliás, essa dica é válida para todos os penteados.

    3

    Os coques mais altos rejuvenescem e dão um ar mais despojado, segundo Guido Palau para o Guia Especial de Cabelos da revista Allure. Outra dica de ouro nessa mesma edição, é que a parte “ondulada” dos grampos deve ficar para baixo, e não para cima como todas nós pensamos.o-jeito-certo-de-usar-grampos

    Errinho besta, né? Nem tão bobo, já que a parte ondulada é feita para facilitar que o cabelo fique firme. Faz toda a diferença. Espalhe a notícia!

    hair-up-do-jo

    Essa foto habita meu Pinterest há pelo menos um ano – para não dizer dois… e os três coques torcidos  da Jo aparentam ser mais difíceis de fazer do que realmente são. Além disso, tem um tutorial  aqui , é só seguir as instruções para poder dormir mais alguns minutos todas as segundas’.(via A Cup of Jo)
    hair-up-do-olsen-

    Se a ocasião pedir e/ou se você quiser, invista em acessórios para dar um ar mais sofisticado aos seus coques – até para os mais desconstruídos, que eu particularmente adoro! Depois de ter certeza que o coque não vai cair, é só cuidar para não amassar demais o cabelo. Ashley Olsen investiu em uma presilha clássica, o resultado ficou ótimo. Grampos com detalhes, faixas de cabelo, tiaras, laços e lenços também são ótimos pares para o seu coque.

    2

    O coque no topo da cabeça é hit entre as mulheres de cabelo longo e nunca vai deixar de ser. É prático, fácil de fazer e não exige esforços para mantê-lo em cima. Meu cabelo é curto demais… e não sei se algum dia chegará ao comprimento necessário.
    hair-buns-coques1

    Esse coque é o coque freestyle mais usado por quem  Os meus ficam assim, então se você tem o cabelo fino, ou o cabelo chanel – no mínimo, é bem capaz que este seja o coque que você mais usa. Quanto mais baixo for o coque, mais fácil de prender – fica a dica para mulheres de cabelo curto.hair-buns-coques

    Apesar de super despojado e fácil de fazer – após fazer um rabo de cavalo normal, dê mais uma volta com o cabelo no elástico e voilá! Mais eficiente impossível! Lembre de passar uma pomada para o cabelo não levantar na frente, com frizz fica feio.

    modern hair buns coques

    Transformaram o clássico rabo de galo da nossa infância em coque. Eu adoro penteados simples e que sejam possíveis de fazer em cabelos curtos, como esse. Mas é assim, apenas transformando e inventando conseguimos criar algo novo.

    Espero que tenha servido de inspiração!

    Boa noite!

     

    Paula Martin

     

    image src_ pinterest, allure, elle, google, British Vogue